Pages

Ads 468x60px

23 de outubro de 2008

O melhor programa de humor...

As eleições estão chegando ao fim. Mas o melhor programa humorístico que brinda a a população continua pipocando no Youtube.

E pensar que quando eu era criança achava os programas eleitorais meio chatinhos...

Agora vivo a dar risada!

30 de setembro de 2008

Repulsa

Caramba, ando meio cansado com o espaço que a mídia brasileira dá aos acontecimentos do EUA. Estamos às vesperas de escolher prefeitos em todo país e a eleição norte-americana está no topo das páginas de todo jornal.

Não bastasse o embate entre Obama e McCain, ainda sou lembrado a todo instante da nossa dependência financeira. O Grande Império quebra o cofre e o que acontece? Nós aqui nos ferramos.

Só queria entender que culpa temos nós, afinal não somos auto-suficientes?

Tenha paciência!

26 de setembro de 2008

Nokia lançará celular para concorrer com iPhone




Líder mundial no mercado de celulares, a Nokia, lancará em Londres, no próximo dia 02 de outubro, um aparelho para concorrer de frente com o iPhone a Apple.

Apesar de já ter lançado no mercado internacional aparelhos que incorporam a tecnologia como o Nokia 7700 e 7710, o novo celular cehga ao mercado para responder à demanda de aparelhos que sigam a tendência lançada pela Apple.

Nos últimos dois anos, empresas como a Samsung Electronic e a LG Electronics apresentaram ao mercado modelos com "touch screen", enquanto a Nokia continuou com os aparelhos tradicionais.

Algumas imagens extra-oficiais e vídeos que mostram o aparelho já circulam pela Internet, mas nada foi confirmado pela Nokia. De resto, só se sabe o nome, Tube. A Nokia preferiu manter a expectativa em relação ao lançamento do novo celular.

Vamos esperar pra ver.

25 de setembro de 2008

JukeBox

Há bem pouco tempo eu me lembro, e sei que muitos também se recordam, da luta dos gigantes da música com o Napster. Para os mais novos que sequer fazem idéia do que se trata, vou explicar, o Napster é um programa que tornava possível compartilhar músicas com pessoas do mundo todo que tivessem o programa instalado.

A crise também foi instalada, e a indústria fonográfica viu que os milhões que faturava estavam vazando como areia escorrendo pelos dedos. Depois de muitoas brigas e embates, hoje temos uma nova configuração na maneira de se criar sucessos musicais. Famosos se lançam através da internet e a rede alça desconhecidos ao estrelato.

Bastam alguns minutos frente ao computador para se ver frente ao uma vastidão de novidades. Uma gama infidável de estilos, grandes sucessos em novas roupagens. Há exemplos de quem saiu dos vídeos gravados em um quarto para participar de shows com grandes nomes do ShowBizz. Com apenas 20 anos, a holandesa Esméé Denters começou mostrando seus dotes vocais no Youtube, o sucesso foi tanto que, em pouco tempo, Esmée subiu nos palcos de Justin Timberlake e com Kelly Rolland do grupo Destiny's Child.

No myspace, rede social que tem a música como foco, os desconhecidos também mostram seus talentos. O crescimento da rede é tanta que grandes estrelas da música mundial se renderam e usam o canal como forma de divulgar suas músicas.

Musicalmente, a internet se transformou em uma caixa de (boas) surpresas. Seja no Youtube, Myspace, ou em qualquer outra rede relacionamento é possível aproveitar a leva de novidades com muita qualidade sem precisar gastar nada.

13 de setembro de 2008

A implementação de aplicativos pelas rede sociais está fazendo o maior sucesso entre os usuários. Entre os mais usados está o Buddy Poke, que pode ser utilizado pelos membros do orkut e também do myspace. Depois da criação de um avatar personalizado, pode-se interagir com ações pré-configuradas com os outros usuários que já fazem uso do aplicativo. Esse aí embaixo sou eu em meu momento pop-star!



Get your own BuddyPoke!

5 de setembro de 2008

Biometria? Pode colocar o dedo?

O texto a seguir foi publicado originalmente no portal A Hora Online e veiculada pela newsletter O Boletim em abril de 2007. Nos últimos meses o mercado de computadores portátéis recebeu o lançamento de quipamentos que usam a Biometria para garantir o acesso aos dados da máquina. É a tecnologia cada vez mais próxima e presente.



Seu corpo é sua senha

O que parece cena de filmes de ficção científica, aos poucos começa a fazer parte da realidade do ser humano. A biometria, termo usado como referência ao uso do corpo em sistemas de identificação, tem se tornado assunto comum nas rodinhas de discussão do mundo high tech.

No sentido literal, biometria é a ciência da aplicação de métodos de estatísticas a fatos biológicos. Mesmo que soe como (super,ultra,mega,hiper) futurista, trata-se de um conceito bastante antigo. A biometria está ligada ao fato da capacidade do homem em distinguir-se fisicamente dos seus semelhantes. Aplicada em sistemas de identificação, essa capacidade de distinção é feita por máquinas e sistemas tecnológicos.

Os sistemas de identificação biométrica funcionam através da captura de amostras do corpo humano – impressões digitais, simetria facial, íris, retina e até mesmo a voz. A amostra coletada e armazenada e usada como padrão em futuras identificações. O fato de que essas características são exclusivas de cada ser humano é a base para o uso como identificação. Controle de acesso restrito, ponto de trabalho e identificação criminal já são usos comuns da tecnologia.

Histórico

Apesar do aparato tecnológico que envolve o conceito nos dias de hoje, o uso da biometria, data do ano 800 (depois de Cristo), quando já se encontra registros de impressos digitais na China. Grafadas no barro, a marcas eram usadas para confirmar a identidade da pessoa em transações comerciais.

Somente no século XIX é que a biometria ganhou atenção científica, quando as características físicas das pessoas passaram a ser utilizadas para trabalhos de cunho judicial.

A impressão digital em tinta é usada para reconhecimento civil e criminal há ao menos cem anos. No século XX, a biometria passou a ser usada em documentos de identidade, como é o caso do RG (Registro Geral) no Brasil. O FBI (Polícia Federal Americana) tem em seu banco de dados cerca de mais de 200 milhões de impressões digitais.

Porque usar biometria

Segurança, esse é o principal motivo para o crescimento do uso dos sistemas de identificação biométrica. Ainda hoje, uma das formas de identificação mais usadas é a aplicação de senhas, como no caso de acesso a contas bancárias.

O uso de cartões ­­– com chips ou com dispositivos magnéticos ­– permite a identificação de um indivíduo através de simples leitura. O sistema é comum no controle de acesso e também bastante difundido no uso em transações comerciais.

A existência da possibilidade de que a senha e o cartão possam ser utilizados por outra pessoa é o grande ponto questionado sobre a segurança dessa formas. Com a biometria, esse problema é reduzido drasticamente. Mesmo com o atual avanço tecnológico no setor, nada impede que os dispositivos de identificação biométrica sejam enganados, pois em muitas das características usadas como padrão, a cópia é impossível (como a íris do olho).

4 de setembro de 2008

Cidades Ocultas

Edifício Niemeyer - Praça da Liberdade - BH
Flávio Peixe

Web ganha "brilho" do Chrome

De maneira primorosa e com todos os princípios das grandes corporações mundiais quando estão prestes a colocar um novo produto no mercado, o Google lançou essa semana, seu navegador para Web.

É o prenúncio de uma nova briga na área de desenvolvimento para soluções WebBased...

Cada vez mais forte e presente na vida dos internautas, o lançamento do Google Chrome, com certeza, deve ter abalado mais uma vez a poderosa Microsoft, que luta contra o tempo para conquistar espaço na Web.

Para quem está acostumado aos navegadores tradicionais, o Google Chrome pode trazer certa estranheza uma vez que no minimalismo a ponto central da sua apresentaçao gráfica.

Graças ao visual limpo e menos carregado, o internauta consegue experimentar uma navegação bem mais rápida. Além disso, diferente do que se imaginava, o Google Chrome faz uma boa leitura dos mais diversos formatos usados na construção da Web.

É claro, que por se tratar de uma primeira versão aberta para o público, o Google Chrome ainda pode apresentar bugs e ainda problemas de incompatibilidade com certos sites. Mas a ferramenta tem o código aberto e por isso os problemas que surgirem, certamente serão resolvidos de forma bem rápida.

Para experimentar o Google Chrome, clique aqui

8 de julho de 2008

Dias de luta..

Tenho passado por alguns momentos tortuosos... aos pouco retomo minhas atividades e volto a escrever...
Abraços aos amigos de sempre...

10 de junho de 2008

Em tempos de TV digital, qual a melhor opção?

O texto a seguir foi publicado originalmente no portal A Hora Online em março de 2007. Os tempos mudaram e agora as empresas fabricantes de TVs de Plasma garantem que alguns pontos considerados desfavoráveis aos modelos já são coisa do passado.




LCD ou Plasma?

É claro que qualquer um já pensou em colocar uma TV nova em sua sala... mas qual é a opção ideal? Uma TV de cristal líquido (LCD) ou de Plasma. A dúvida é comum a qualquer um que imagine ter na parede uma TV de design arrojado e que garanta imagems e som de qualidade impecável. Mas quais são os prós e contras das duas tecnologias disponíveis no mercado?

Apesar de se tornarem sonho de consuma na atualidade, TVS de Plasma e de LCD já não são tão novas assim. A TV, que conhecemos hoje, tem seu nascimento nos anos 50. De acordo com a Wikipédia, o primeiro LCD foi lançado em 63 e no ano de 64 foi a vez do Plasma entrar na lista das opções. É claro que nessa época ainda eram muito limitadas, mas nada como o tempo e muito estudo para que se tornassem vedetes nas prateleiras das lojas de eletrodomésticos.

São iguais?


Tecnicamente não! Uma TV de Plasma é baseada em um conceito celular de emissão, ou seja, cada ponto da tela é emitido individualmente - graças a "células" de neon e xenônio. Já em uma TV de LCD, o brilho surge por conta do “backlight”, uma fonte de iluminação posicionada atrás da tela. Quem tem um Palm ou equivalente sabe o que é isso: sem o backlight, o a tela de cristal líqüido é quase impossível de ser vista.

Como na TV que temos hoje, cada ponto da tela é composto pela associação das emissões de raios gerados nas cores Vermelho, Verde e Azul - em inglês Red, Green, Blue, por isso o uso da sigla RGB. Em uma TV de LCD, o cristal controla o fluxo da luz em cada um dos pontos da tela para gerar as imagens.

Mas, e aí? Qual é a melhor?


Atualmente, pode parecer um pouco complicado definir qual a melhor opção. As duas tecnologias tem prós e contras. O custo de aquisição é sem dúvida o primeiro requisto observado. Se você quer uma tela gigante, algo acima das 40 polegadas, sua escolha vai terminar nos televisores de plasma. Se hoje você comprar uma TV de Plasma de 42 polegadas, saiba que se a decisão for uma TV de cristal liqüido com valor semelhante, você terá que se contentar com 32 polegadas. Ou seja, se faz questão de uma tela de cinema para sua sala, é melhor esquecer o LCD por enquanto.

Mas se o investimento inicial não impedimento para a aquisição, saiba que o LCD tende a ser mais econômico a longo prazo. O ponto principal está no gasto de energia, enquanto as TVs de LCD tem consumo constante, as de Plasma tem consumo oscilante - imagens mais claras precisam de mais energia do que as imagens escuras.

Outro ponto que merece atenção está relacionado ao custo de se manter um dos dois modelos. TVs de plasma têm manutenção mais cara e ainda estãos sujeitas à queima das células. Mas o que é isso? Há nos modelos de Plasma o efeito chamado de burn-in, que na prática pode “queimar” imagens estáticas exibidas por muito tempo. Sabe aquela imagem pequena que fica no canto da sua tela... essa mesmo, pode ficar "gravada no seu TV. Equipamentos mais novos já possuem recursos para minimizar o problema, através de artifícios como descanso de tela ou da limpeza eventual do plano em exibição.

Qualidade de imagem


Quem nunca se viu tentando perceber o que mostra uma tela de notebook que alguém que está ao lado? Nesse ponto, as TV de Plasma ganham do LCD. Quando se está em posição diagonal à TV, a percepção do que é mostrado em uma TV de LCD é prejudicada. O problema não é tão evidente nos monitores de LCD usado nos computadores porque são usados quase que individualmente, mas no caso das TVs que são compartilhadas esse ponto deve ser checado. No caso de escolher uma TV de cristal liqüido fique atento a esse quesito.

A fidelidade de cores também dá certa vantagem às TVs de Plasma, essas reproduzem cores com maior fidelidade. Um exemplo está na reprodução do preto, que nas TVs de LCD aparece com um tom levemente acinzentado. No entanto, LCDs produzem imagens com mais brilho sento ideais para ambientes claros.

Mas se o assunto é resolução, certamente você acabará levando um LCD para sua casa। Uma TV de cristal liquido é capaz de exibir muito mais pontos que uma TV de Plasma. Com precisão quase impecável, as TVs de LCD disponíveis no mercado brasileiro já estão preparadas para a televisão de altada definição (HDTV). Plasmas - mesmo que divulgem estar preparados - não serão capazes de atingir toda a resolução proposta para as trasmissões do futuro. Eu já fiz minha escolha... Vou esperar um pouco mais!!!

Começar de verdade

Bom dia, são 00h44 da manhã de terça, dia 10/06/2008. Já tava mais que na hora de levar a sério a idéia de escrever um blog. Já tive vários que com o tempo foram definhando até sucumbirem ao ostracismo da web... o pior é que isso partia sempre de mim. Um dia escrevia... fazia uma firula...

Talvez fosse a falta de um foco, um assunto realmente me agradasse e que também desse prazer em escrever.

De fato, pela curta experiência profissional que tenho e pela série de áreas que conheci isso ficava meio complicado. Fui contabilzar na tarde de ontem e descobri que tenho 8 revistas no currículo. Interessante é a diversidade de assuntos... Nesse tempo eu já escrevi sobre Off-road, Motociclismo, Computação Gráfica, Moda, Comportamento, Arquitetura, Mineralogia.

Realmente se eu olhar pra trás e centrar nessas revistas, todos os temas acima poderiam fluir com tranquilidade aqui nesse espaço, mas minha ultima incursão pela escrita reacendeu um assunto com o qual eu sempre convivi e tenho profunda admiração: TECNOLOGIA.

Então decidi que esse será um blog que tratará de tecnologia. Para isso que fique claro, TECNOLOGIA em sentido amplo, aquele que engloba mais que simples bits e bytes e sim que envolve em formas inteligente e práticas de se garantir uma vida melhor e mais agradável.

Assim por aqui será possivel conhecer lançamentos do mundo da informática, como também conhecer e acompanhar as descobertas e revoluções da ciência, saúde, transporte, meio ambiente, vida animal, educação, música, telefonia, e é claro da informática.

De início, apenas para dar enchimento a esse novo espaço, publicarei antigos textos meus que foram veiculados em uma coluna de tecnologia que mantive no site A Hora Online e são distribuídos a un vasto grupo de pessoas através de O Boletim.

Um abraço a todos e sejam bem vindos a esse novo espaço.